O presidente da República tem frases tão esquisitas e vulgares que a tradução delas, para quem trabalha com a imprensa internacional, é dificultada. Como traduzir “Chega de frescura e mimimi”, por exemplo, como ele disse ontem em relação à comoção em meio aos 261 mil mortos pela covid-19?

Fui à internet pedir ajuda, então!

Felizmente pessoas maravilhosas ajudaram com muitas sugestões.

No meu texto na Anadolu Agency, agência turca de notícias da qual sou correspondente no Brasil, usei “stop whinning”. Ficou assim o trecho da fala presidencial:

President Jair Bolsonaro attacked a recommendation by the WHO to use social isolation as a main resource for stopping the spread of the virus, saying people should ‘stop whining.’ “We have to face our problems […] How long are we going to be crying for? Obviously [we should] respect the elderly, those who have diseases. But where will Brazil end up if we stop?” Bolsonaro said, calling local authorities’ orders to impose restrictions “whining.” “Essential activities are all those necessary for someone to take bread home.”

Foto de capa: BBC BRASIL/ALAN SANTOS/PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA