Você sabia que o Brasil ocupa a lamentável 5ª posição entre os recordistas de mortes no trânsito? Estamos atrás apenas de Índia, China, EUA e Rússia. São mais de 40 mil mortes por ano. E a principal razão dos falecimentos, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é o excesso de velocidade. Você já sabe: velocidade mata. Você também sabe que escutar Spotify na estrada é muito melhor do que ficar procurando rádios que sintonizem.

Pensando nisso tudo, a Arteris, empresa que tem a concessão de cerca de 3,2 mil km de rodovias estaduais e federais em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná, lançou, há alguns meses, o SpeedOTrack, aplicativo que usa a música do Spotify para alertar os pés-pesados: quando a velocidade máxima é ultrapassada, o app acelera a canção, deixando-a incômoda e inaudível.

Veja como funciona:

“Ao fazer o login no Spotify, o app acessa todas as playlists da conta conectada e usa os dados do Google Maps para identificar a velocidade máxima permitida no local. Quando o limite é ultrapassado, a música que está tocando no momento acelera e só volta ao ritmo normal quando o veículo estiver dentro da velocidade permitida. Desta forma, o Speed-O-Track une tecnologia, inovação e diversão, por meio de duas das maiores plataformas digitais do planeta, o Google e o Spotify, para oferecer um novo serviço para as pessoas”.

Sacada genial que pode ajudar a salvar vidas. Tão boa que já rendeu prêmio à Dentsu Brasil, que criou o app para a Arteris. A empresa conquistou um Leão em Cannes na categoria rádio (não entendi bem a categorização, mas beleza). Agora depende de você instalar o app e usá-lo! 🙂

Anúncios