Cada quadradinho nesse mapa representa 1 milhão de pessoas. Por essa razão, talvez você não tenha achado a China numa primeira olhada. O país tem a maior população do mundo (e cerca de um quinto de todos os habitantes do planeta). Repare bem: ela está onde a Rússia (e parte do leste europeu) deveria estar, mais ou menos. em verde, com uma extensão significativamente maior do que qualquer outro país. Pudera, sua população era de 1,3 bilhão de pessoas.

A Rússia (com “meros” 143 milhões de habitantes), na verdade, aparece “espremida”, em amarelo, numa pequena faixa à esquerda e sobre a China do mapa. Em seguida, a Índia, que tem a segunda maior população do mundo, aparece enorme, “esticada”, em azul, para fazer caber toda sua gente – pouco mais de 1 bilhão de pessoas (ou mil quadradinhos – pode contar, se quiser!)

Na América do Sul, o Brasil, com a maior população da região, 186 milhões de habitantes, aparece em amarelo, um pouco “esticado”. O Chile, com 16 milhões, é uma pequena faixa vertical, também amarela. Acesse a versão completa para explorar os detalhes do mapa no Imgur.

Com 33 milhões de habitantes, quase um décimo da população dos EUA, o Canadá aparece como uma pequena faixa (amarela) em cima do vizinho. Se você procurar países com menos de 1 milhão de habitantes, não vai encontrar. Como cada quadradinho colorido representa essa quantidade de gente, países menores não aparecem no mapa. Entre eles estão Vaticano, Andorra, Catar, Cabo Verde, Fiji etc (a lista completa aparece no mapa). Por outro lado, países com 1 milhão de habitantes, como Trinidad e Tobago, Gabão, Timor Leste ou Suazilândia, aparecem, naturalmente identificados, cada um, por um quadradinho.

Atenção: É importante notar que os dados usados no mapa são de 2005, época em que a população mundial era de menos de 6,5 bilhões de pessoas (hoje somos cerca de 7,5 bilhões). As proporções, entretanto, seguem mais ou menos as mesmas. Para referência, essas são as populações aproximadas dos países citados, em 2005 e hoje:

China: 1,3 bilhão (2005), 1,36 bilhão (2016)
Índia: 1,08 bilhão (2005), 1,25 bilhão (2016)
Rússia: 143 milhões (2005), 143,5 milhões (2016)
Brasil: 186 milhões (2005), 200,4 milhões (2016)
Chile: 16 milhões (2005), 17,6 milhões (2016)
Canadá: 33 milhões (2005), 35,2 milhões (2016)
EUA: 296 milhões (2005), 319 milhões (2016)
Trinidad e Tobago: 1 milhão (2005), 1,3 milhão (2016)
Gabão: 1 milhão (2005), 1,7 milhão (2016)
Timor Leste: 1 milhão (2005), 1,2 milhão (2016)
Suazilândia: 1 milhão (2005), 1,25 milhão (2016)

Anúncios