Do meu Facebook, um desabafo.

DilmanoJN

Um ET pousou no planeta Terra há duas horas. Em terras brasileiras. Como ele não entende português, não entendeu nada da entrevista da ‪#‎DilmanoJN‬. Então me pediu, sábio que é, para ler o que as pessoas estavam dizendo a respeito no Facebook. Então eu comecei a ler alguns comentários com ajuda de um tradutor interplanetário que ele trouxe com ele na nave – uma maravilha, gente: eu lia em português e ele escutava no idioma dele! Enfim. Depois de ler os comentários dos meus amigos, só dos meus amigos (quando eu sugeri ir adiante ele pediu para parar), ele coçou sua verde cabeça e ficou em silêncio. Depois, disse que não tinha entendido se “o tal do Bonner” era entrevistador ou fazia parte de um debate. Que não tinha entendido se a Dilma mandou bem ou não. Que não sabe de quem é a responsabilidade dos problemas que apareceram na entrevista. Que o tipo de jornalismo que a gente pratica é meio estranho. Que não entendeu se a Dilma falou mais alto porque estava acuada ou querendo mandar e se o Bonner estava agressivo porque é o papel dele ou estava igualmente acuado. Depois, o ET coçou de novo a cabeça e me perguntou, pelo aparelhinho dele: “E para que colocam uma poeta numa entrevista?” Fiquei com pena dele. Mas não tive tempo de dizer, ele já foi embora. Eu acho que ele pronunciou um palavrão antes de ir, mas o aparelhinho já estava desligado.

Anúncios