Wikileaks

“Foi preciso que as ações do Departamento de Justiça dos EUA chegassem às
instituições mais tradicionais (da imprensa) para o WikiLeaks, afinal, ser aceito
como jornalismo – e não ativismo político” —
Nelson de Sá

(Da análise de hoje do jornalista e autor da coluna Toda mídia na Folha de S.Paulo, em que comenta a mudança de atitude da imprensa tradicional dos EUA com relação ao site, que vazou documentos secretos da Defesa e da Diplomacia americanas: Mídia tradicional, também acuada, cerra fileiras com Manning e Assange).

O julgamento de Bradley Manning, informante do WikiLeaks, começou ontem nos EUA. O militar entregou para o site mais de 700 mil documentos sigilosos dos EUA, no que foi considerado o maior vazamento da história do país. Também da Folha: “Para o capitão Joe Morrow, promotor do caso, há provas de que até mesmo Osama bin Laden recebeu informações entregues pelo réu e publicadas no site”.

Se você conhece uma frase interessante ou engraçada sobre jornalismo ou jornalistas, mande para mim, de preferência com fontes na internet que possam ser verificadas. Publico assim que chegar, uma vez que nem sempre tenho frases do dia! Leia outras frases.

Anúncios