Guimarães Rosa uma vez afirmou: “Sou escritor e penso em eternidades. O político pensa apenas em minutos”. Não era mesmo muito lisonjeira a opinião que o autor de Grande Sertão tinha a respeito dos políticos. Durante a Segunda Guerra, quando era cônsul adjunto em Hamburgo, ignorou os políticos do Brasil e da Alemanha e correu grandes riscos, junto com a mulher, para salvar a vida de muitos judeus, tirando-os daquele país.

Continue lendo no site da Trip (texto de André Caramuru Aubert).

Anúncios