Sexta-feira é dia pela metade em Israel. Não, não é definitivamente dia como qualquer outro. Não é igual à semana, e é diferente do sábado. É dia preguiçoso, mas corrido. É dia de acordar cedo. Porque tem que dar tempo de fazer tudo antes de tudo parar. Sim, tudo pára! Os ônibus, o comércio, a loucura da semana. E a correria se transforma em velas, acesas em Tel Aviv hoje às 16h46, às 16h32 em Jerusalém. Depois das velas, o canto das sinagogas. E um quase-silêncio. Sexta-feira é dia de edição gorda – bem gorda – do jornal, porque jornal não circula aos sábados em Israel!

É dia de limpezas, dia de afazeres, dia de preguiça, no final do dia.

Bom shabat.

Anúncios