Amigo meu, belga, há mais de dois meses abanou o presente que ele tinha se dado: ingressos para o show do Depeche Mode, programado para a semana que começa. Estava tão empolgado que nem se preocupou com os quase 100 dólares que o presente tinha custado. Eu não sou fã incondicional do grupo, então não entendo. Ele sim.

Quando todo esse rolo começou, pensei no meu amigo belga. Com uma guerra rolando aqui, pensei eu, o Depeche Mode ia cancelar o tour israelense. O grupo garantiu que não. E pensei que meu amigo, tão contente do presente que tinha ganhado dele mesmo, ia ter garantida diversão.

Hoje li aqui novas notícias. Não vai mais ter Depeche Mode. Pobre amigo belga. Vai ter que enjoy the silence

[EM OUTRAS PALAVRAS] Guerra é uma merda. Com ou sem razão. Por muito mais.
[NESTA DATA QUERIDA] Cibele, saudade de você. Muita. Hoje, muito feliz aniversário. E obrigado por ser você. Amo.

Anúncios