Faltando alguns poucos minutos para a grande final da Copa 2006, aqui na televisão, no jornal das oito, quase só se fala nisso. E, claro, no Zidane. É Zidane pra cá, Zidane pra lá. Duro de agüentar…

Vamo, Itália!

Deu saudade, confesso, durante a Copa, da narração imbecil do Galvão, dizendo coisas como “a beleza da mulher francesa” ou “a doçura da mulher italiana” durante o jogo…

Anúncios