Teoria que acabo de ouvir de um motorista de táxi árabe muçulmano, filho de pai iemenita:

Deveríamos colocar uma mesa daqui até Eilat cheia de comida, para que árabes e judeus sentem para conversar e fazer a paz. No final das contas, brigamos pela terra. E o que é que vamos levar daqui quando morrermos? Nada. Vamos todos lá pra baixo da terra.

Eilat fica no sul do país, distante uns 250 quilômetros de Jerusalém.

Amén.

[AULA NO CARRO] Vale dizer que motoristas de táxi em Israel poderiam facilmente ser professores de política. Cada corrida é uma sessão grátis de debates sobre o que rola do lado de fora do carro. Em São Paulo, ouvi falar, tem um assim!

[NAS TELONAS] Esse papo de adamá, terra, me fez lembrar uma cena do excelente Um herói do nosso tempo, filme franco-israelense de 2005. No hebraico, adam (de ben adam, ser humano) e adamá (terra) têm a mesma raiz comum. Com base nisso, o personagem do filme dá uma explicação emocionante.Vejam o filme, vale a pena.

Anúncios