Que eu gosto de sexo deve ter ficado claro, pelo post de inauguração dessas páginas negras. Vai ter mais, estou selecionando outros trechos que devem ser lidos e relidos à exaustão, se apenas isso, por quem gosta de praticar e teorizar. Mas talvez não tenha ficado claro o quanto eu gosto da figura feminina, do desenho do corpo de mulher, de menina. E o quanto eu gosto da mulher feminina, que se sabe mulher (me ocorreu Vinicius de novo*), que se cuida até um limite em que se sabe mulher, e não boneca… Por isso sou fanático da Trip, como o cara que escreve essa coluna do NoMinimo.

*Do filme, nas palavras trêbadas dele, “eu me separo porque deixei de gostar delas, mulher pra mim não é objeto sexual, mulher é um troço que eu amo pra caralho…

Anúncios