Faltando três semanas ainda para o verão chegar oficialmente, o calor que fez em Jerusalém hoje foi imenso, de derreter sola do sapato. Uma pequena caminhada consumiu uma garrafa d’água. Muito calor. Entrar em um ônibus ou em qualquer ambiente com ar condicionado virou questão de sobrevivência. Fez saber que estamos, afinal, no deserto!

E o inverno no Leblon é quase glacial.

Anúncios